Sábado, 31 de Outubro de 2020 10:13
83 99389-4851
Saúde Sem humanização

Família e amigos denunciam descaso da Maternidade Cândida Vargas e apelam para que gestante internada desde domingo seja operada

De acordo com um casal de amigos da gestante, ela está internada desde o último domingo (20), após a bolsa do líquido aminiótico estourar.

23/09/2020 11h12
353
Por: Jeferson Elias Fonte: ClickPB
Amigos denunciam Maternidade Cândida Vargas (Foto: Walla Santos)
Amigos denunciam Maternidade Cândida Vargas (Foto: Walla Santos)

Familiares e amigos da gestante Danielly Silva dos Anjos Carvalho  de 28 anos denunciaram nesta quarta-feira (23), um descaso da Maternidade Cândida Vargas, em João Pessoa. De acordo com um casal de amigos da gestante ao Portal ClickPB, ela está internada desde o último domingo (20), após a bolsa do líquido aminiótico estourar. 

Ainda de acordo com o casal, Danielly está internada sozinha no hospital, já que não pode acompanhante devido ao Covid-19. 

No último áudio enviado na madrugada da quarta-feira (23), a gestante afirma que não aguenta mais de dor e que a criança ainda não nasceu nem pelo parto normal e nem foi levada para a sala de cirurgia.  

A amiga de Danielly informou ao Portal ClickPB que a gestante ficou tomando soro para induzir o parto humanizado, porém afirmou que a mesma já revelou por várias vezes não aguentar mais esperar devido às fortes dores. 

"Infelizmente até agora eu não tive Davi normal, nem cesárea, só tomando soro com remédio para ter mais dor, vê se dilata, mas não dilata nada. É muita dor, eu não aguento mais não", diz a gestante no áudio. 

No final da denúncia, a amiga de Danielly recebeu a informação de que após muito reclamar e acionar meios de comunicações e pessoas influentes no hospital, a gestante foi encaminhada para a sala de cirurgia. 

O esposo e pai da criança informou a denunciante que a mãe e criança passam bem, segundo informações do hospital. 

"É importante a denúncia, para mostrar que as pacientes estão sofrendo e que na verdade essa história de parto humanizado, não está sendo humanizado", finalizou a denunciante. 

O Portal ClickPB entrou em contato com a Secretaria de Saúde e está aguardando um posicionamento sobre o caso.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias