Quarta, 28 de Outubro de 2020 00:10
83 99389-4851
Saúde Nesta sexta

Após crescimento dos casos de covid-19 no estado, Prefeitura de João Pessoa adia flexibilização para setor de eventos

O secretário de Saúde de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, afirmou que vai analisar se o aumento de casos inclui João Pessoa ou é só no interior.

16/10/2020 13h12
160
Por: Jeferson Elias Fonte: ClickPB
Secretário de Saúde de João Pessoa se reuniu com representantes do setor de eventos (Foto: Reprodução)
Secretário de Saúde de João Pessoa se reuniu com representantes do setor de eventos (Foto: Reprodução)

A Prefeitura de João Pessoa decidiu ''botar o pé no freio'' na flexibilização do isolamento social do município, diante das informações repassadas pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) que indicam um crescimento nos casos de coronavírus na Paraíba. Na manhã desta sexta-feira (16), o secretário de Saúde, Adalberto Fulgêncio, se reuniu com representantes do setor de eventos e afirmou que, por enquanto, as atividades não serão liberadas.

A presença do prefeito Luciano Cartaxo era esperada na reunião por representantes do setor, mas ele não apareceu. Adalberto Fulgêncio afirmou que a situação será reavaliada devido aos números apresentados pela SES e só depois disso a prefeitura decidirá se libera as atividades do setor de eventos.

“Desde o início do nosso Plano de Flexibilização temos levado em consideração como fator primordial para a retomada das atividades os dados epidemiológicos e assistenciais, como ocupação dos leitos e pressão nas UPAs. Por isso que estamos avançando de forma gradual, criteriosa e sem perdermos todos os bons resultados que conquistamos até agora. Nossa expectativa é dar mais um passo e autorizar a retomada gradual dos eventos, mas isso precisa acontecer de forma segura, respeitando a ciência e a Organização Mundial de Saúde”, afirmou Adalberto Fulgêncio.

O secretário afirmou que a informação que aponta alta de 19% na variação da média móvel de 14 dias de casos de Covid-19 precisa ser analisada, para se verificar se refere-se à região metropolitana ou a municípios do interior. “Os indicadores epidemiológicos da cidade de João Pessoa continuam em tendência de queda e a pressão nas UPAs e leitos de UTI também”, explicou. Segundo ele, por ser uma media móvel, a análise dos próximos dias permitirá a avaliação para início da flexibilização do setor de eventos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias