Quinta, 28 de Outubro de 2021
83 99389-4851
Política Política

Após polêmica com saída de Ana Cláudia de evento do governador, Daniella Ribeiro diz: "é preciso ter brio para entregar o cargo"

Segundo ela, a situação vista na última sexta-feira (9) traz uma força contrária ao que rege as regras de aliança.

13/10/2021 21h13
96
Por: Redação Sapé na Web Fonte: ClickPB/Emmanuela Leite
...A esposa de Veneziano ocupa cargo, assina convênios com as prefeituras, isso é muito poder, e a pessoa se afasta do govenador como se ele fosse um leproso
...A esposa de Veneziano ocupa cargo, assina convênios com as prefeituras, isso é muito poder, e a pessoa se afasta do govenador como se ele fosse um leproso", analisou. (Foto: Departamento de Marketing e Mídias do Sistema Arapuan / Karla Moraes)

Com o clima pesado que ficou na política paraibana após a cena inusitada da saída da secretária Ana Claudia, de um evento com o governador João Azevêdo, a senadora Daniella Ribeiro (Progressista) disse, nesta quarta-feira (13), em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan FM, que alguns aliados dele atrapalham mais que os próprios adversários. Segundo ela, a situação vista na última sexta-feira (9) traz uma força contrária ao que rege as regras de aliança.

Sobre a situação, a senadora fez um resgate histórico e disse que passou por experiência semelhante, mas que é preciso ter brio e entregar os cargos. "Levante e saia, mas entregue os cargos. Você tem que ter brio para entregar os cargos. A esposa de Veneziano ocupa cargo, assina convênios com as prefeituras, isso é muito poder, e a pessoa se afasta do govenador como se ele fosse um leproso", analisou. 

Ela também foi questionada sobre o posicionamento que tem acerca da possibilidade de Romero Rodrigues para fortalecer os quadros nas eleições de 2022. "Romero é um bom quadro, foi um ótimo parceiro, ele trabalhou por Campina. Seria um vice para qualquer um e muito importante", destacou. 

De acordo com a parlamentar, o processo eleitoral vem sendo antecipado ainda com poucas articulações concretas. Ela reforçou seu posicionamento, mas desviou ao tratar de alianças por considerar o momento ainda inoportuno. 

"Mesmo não sendo da bancada do governador, como Veneziano é, que foi eleito no palanque de João. Eu como senadora trabalho colocando emendas e aprovando empréstimos importantes para a Paraíba. Recebi e recebo o govenador sempre que ele quiser. Quem é aliado não fica lançando chapa de governo. Esse ainda não é o momento para antecipar nomes", disse. 



* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias