Domingo, 28 de Novembro de 2021
83 99389-4851
Paraíba Sapé

Prefeito de Sapé reestabelece maioria na Câmara e reinicia “novela” das suplementações

Nos bastidores, Sidnei Paiva já comemora ampliação da bancada de sustentação encaminhando novo pedido de suplementação à Câmara. Aprovação da suplementação de R$ 27 milhões seria o ‘teste de fidelidade’

21/11/2021 08h41
513
Por: Redação Sapé na Web Fonte: Portal GPS
Prefeito de Sapé reestabelece maioria na Câmara e reinicia “novela” das suplementações

Os bastidores políticos de Sapé têm sido movimentados pelas negociações do Executivo Sapeense na busca pela ampliação da bancada de sustentação com o principal objetivo de ‘abafar’ a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) recém-criada pela Câmara Municipal de Sapé. Fala-se que o placar estaria em 12 vereadores compondo a nova bancada do governo e 3 oposicionistas. Diante do placar, o prefeito Sidnei Paiva (Podemos), já encaminhou mais um pedido de suplementação orçamentária, a última solicitação desse tipo criou um clima de guerra entre os poderes, e um acordo foi intermediado pelo Ministério Público.

O presidente da Câmara Municipal de Sapé, Abraão Júnior (Podemos), vem postando nas redes sociais que estaria sendo assediado, juntamente com os demais vereadores da bancada independe, mas reafirmou que não muda de posição por estar convicto dos desmandos da gestão de seu correligionário, Sidnei Paiva. “Venho recebendo propostas para mudar de posicionamento, mas não posso ser incoerente com tudo que investigamos, constatamos e denunciamos nos últimos meses. Seria como abonar os desmandos administrativos do prefeito. Não foi pra isso que fui eleito e esse não é esse o papel do vereador.” Disse Abrão ao Portal GPS. 

Os vereadores do bloco independente, juntamente com as vereadoras de oposição, fizeram uma verdadeira devassa na gestão de Sidnei Paiva e vêm protagonizando embates com o Executivo, dentre eles a questão de um pedido de suplementação em que o governo queria remanejar rubricas orçamentarias até um percentual de 40% do orçamento de 2021. Foram realizados estudos em que mostravam que o governo necessita pouco mais de 6% e assim, mediado pelo Ministério Público, os vereadores aprovaram uma suplementação de 10%. 

Agora, contanto com uma ampliação da bancada de sustentação, Sidnei Paiva já enviou novamente ao Legislativo mais um pedido de suplementação para o orçamento deste ano, desta vez de 20%, o que corresponde a mais de R$ 27 milhões. O novo projeto seria um “teste de fidelidade” para a nova bancada e vereadores que antes eram contra à suplementação, agora terão que votar favorável.

Se os vereadores da bancada independente realmente se entregaram ao “canto da sereia”, só vamos saber nos próximos capítulos dessa novela em que negociatas, privilégios e nenhum compromisso com a população sejam revelados através do voto no plenário da Câmara. Aguardaremos também a condução da CPI e a postura de todos os vereadores na apuração das graves denúncias contra a gestão municipal.

Seguem abaixo ata do acordo no Ministério Público e o novo pedido de suplementação.

 

Ata   

Suplementação

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias